A PERSPECTIVA CIÊNCIA, TECNOLOGIA & SOCIEDADE NO ENSINO DE QUÍMICA: O CASO DO MESTRADO EM ENSINO DE CIÊNCIAS E MATEMÁTICA NO INSTITUTO FEDERAL DO CEARÁ

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21439/conexoes.v17i0.2378

Palavras-chave:

CTS, Ensino de Química, Formação de Professores, PGECM

Resumo

A demanda por uma educação permeada pela ciência, tecnologia e sociedade (CTS) tem se destacado nas produções científicas dos pesquisadores de pós-graduação no Brasil. Nesse universo,oPrograma de Pós-graduação em Ensino de Ciências e Matemática (PGECM)do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE)temse destacadono tocante à formação de professores. A partir disso, notou-se, nos últimos tempos, o fortalecimentode suas pesquisasacerca da perspectiva CTSnodomínio epistemológico voltado ao ensino de Química. Sendo esse, um fator que reverberou, nos autores desta pesquisa,certas inquietações, tais como: quais os estudos produzidos sobre o ensino de Química em CTS deste programa de pós-graduação? Quais suas contribuições para a formação dos professores de Química? É possível compilar essas óticas de pesquisa consoante suas singularidades destacadas? Como a disciplina de Química em CTS está sendo evidenciada nesses trabalhos? Desse modo, compete a este estudoanalisar a produção acadêmica do PGECM acerca do ensino de Química na perspectiva CTS e sua influência para com a formação de professores entre os anos de 2015 e 2021. Para isso, efetuou-se uma Revisão Sistemática da Literatura (RSL)de abordagem qualitativa e natureza exploratória e descritiva.Em síntese, constatou-se que o quadro de formação docente nesses trabalhos situoua disciplina de Química em três classes investigativas:(i) instrumento coesivo do saber químico e das problemáticas globais envolvendo o meio ambiente, (ii) mecanismo contextualizador de situações enfrentadas pela sociedade e (iii) universo de estudos propicio para tratar das questões sociocientíficas.

Biografia do Autor

João Guilherme Nunes Pereira, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE)

Mestrando em Ensino de Ciências e Matemática pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE). Graduado em Licenciatura em Química (2022) pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE). Integrante do Grupo de Pesquisa em Ensino de Química e Inovação (GPEQI) do Instituto Federal do Ceará (IFCE/CNPq)

Caroline de Goes Sampaio, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE)

Doutora e Mestra em Química pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Graduada em Química pela Universidade Estadual do Ceará (UECE). Técnica em Química Industrial pelo Centro Federal de Educação Tecnológica do Ceará (CEFET/CE). Docente efetiva do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE) - Campus Maracanaú. Docente permanente e coordenadora do Mestrado Acadêmico em Ensino de Ciências e Matemática (PGECM/IFCE) e docente permanente do Doutorado Acadêmico em Ensino (Rede Nordeste de Ensino - RENOEN/IFCE). Líder do Grupo de Pesquisa em Ensino de Química e Inovação (GPEQI) do Instituto Federal do Ceará (IFCE/CNPq)

Downloads

Publicado

28-02-2023

Como Citar

Pereira, J. G. N., & Sampaio, C. de G. (2023). A PERSPECTIVA CIÊNCIA, TECNOLOGIA & SOCIEDADE NO ENSINO DE QUÍMICA: O CASO DO MESTRADO EM ENSINO DE CIÊNCIAS E MATEMÁTICA NO INSTITUTO FEDERAL DO CEARÁ. Conexões - Ciência E Tecnologia, 17, e022002. https://doi.org/10.21439/conexoes.v17i0.2378

Edição

Seção

Seção da área multidisciplinar

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)