ABORDAGEM STEAM NO ENSINO DE QUÍMICA: O ESTADO DA QUESTÃO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21439/conexoes.v17i0.2787

Palavras-chave:

Abordagem STEAM, Ensino de Química, Inovação Educacional

Resumo

O presente estudo tem por finalidade construir, por meio de levantamento bibliográfico, o Estado da Questão (EQ) a respeito da abordagem STEAM, com foco na aprendizagem em Química. O levantamento foi realizado na plataforma Google Acadêmico, buscando identificar: I) trabalhos que aplicaram a abordagem STEAM com foco na componente Química e II) como os conceitos da disciplina são trabalhados por meio da abordagem no Ensino Médio. Levou-se em consideração os últimos cinco anos e, aplicando critérios de exclusão e inclusão, não foram encontrados trabalhos realizados no Brasil, sendo todos os selecionados provenientes do continente asiático. Os resultados das aplicações sugerem que o uso da abordagem STEAM potencializa a aprendizagem de conceitos químicos, em destaque para conceitos do campo da Química orgânica e inorgânica, citados em três (38%) dos trabalhos selecionados, proporcionando o engajamento dos alunos em atividades práticas que possibilitam o desenvolvimento de habilidades tais como: pensamento crítico, criatividade, comunicação, junto ao entendimento dos conceitos científicos envolvidos. Observou-se que metodologia ativa Aprendizagem Baseada em Projetos (ABP) foi a mais escolhida nos casos analisados, bem como metodologias similares, por suas características que permitem uma maior autonomia dos estudantes. A preocupação com as demandas formativas atuais torna primordial novas abordagens como STEAM que permite trabalhar a motivação e mesclar os conhecimentos das áreas.

Biografia do Autor

Raíza de Araújo Domingos Soares, Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)

Professora de Química da Rede Estadual de Ensino, possui mestrado em Inovação em Tecnologias Educacionais pelo Programa de Pós-graduação em Inovação em Tecnologias Educacionais (PPgITE) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)

Dennys Leite Maia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)

Professor da UFRN/IMD, atuante no curso Técnico em Tecnologia da Informação (TTI), no Bacharelado em Tecnologia da Informação (BTI), na ênfase Informática Educacional e no Programa de Pós-Graduação em Inovação em Tecnologias Educacionais (PPgITE). É líder do Grupo Interdisciplinar de Estudos e Pesquisas em Informática na Educação (GIIfE).

Downloads

Publicado

28-12-2023

Como Citar

Domingos Soares, R. de A., & Maia, D. L. (2023). ABORDAGEM STEAM NO ENSINO DE QUÍMICA: O ESTADO DA QUESTÃO. Conexões - Ciência E Tecnologia, 17, e022020. https://doi.org/10.21439/conexoes.v17i0.2787

Edição

Seção

Seção da área multidisciplinar

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.