PRODUÇÃO DE MUDAS DE TOMATE DE MESA NO ESTADO DE GOIÁS: PONTOS COMUNS E DIVERGENTES À LUZ DA TEORIA DE REDES DE NEGÓCIOS

Maria Gláucia Dourado Furquim, Abadia dos Reis Nascimento, Graciella Corcioli, Cleonice Borges de Souza

Resumo


A produção de tomate apresenta importante contribuição econômica e social, figurando entre os dez principais produtos agrícolas no estado de Goiás. Todavia, alguns aspectos são imperativos para obtenção do adequado resultado produtivo, dependente da adoção de sementes e mudas de qualidade. Nesse sentido, o presente estudo analisou as características observadas na relação entre viveirista e produtores baseado na abordagem teórica sobre redes de negócios/cooperação. Para tanto, realizou-se, entrevistas com donos de viveiros e análise do discurso, compreendendo, uma pesquisa de natureza qualitativa com os objetivos exploratório e descritivo. Os resultados apontam que as relações presentes entre os atores analisados não representam uma organização em rede, embora apresentem interdependência, complementaridade e laços de confiança entre as partes envolvidas; mas representam sim iniciativas que despontam como parcerias estratégicas.

Palavras-chave


Diferencial competitivo. Network. Parceria estratégica.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21439/conexoes.v17i0.2415

Direitos autorais 2023 Conexões - Ciência e Tecnologia