Diretrizes Básicas para Elaboração de um Sistema de Gestão Ambiental em uma Empresa de Supermercados

Francisco Bruno Monte Gomes, Priscilla de Paiva Sousa, Anna Kelly Moreira da Silva, Aline de Carvalho Oliveira

Resumo


As questões ligadas ao meio ambiente têm ganhado espaço dentro das empresas, seja devido ao interesse no retorno financeiro proporcionado pelo reaproveitamento de resíduos ou pelo crescimento da conscientização ambiental dos seus consumidores, de acordo com pesquisas do Ibope e da Confederação Nacional da Indústria (CNI) revelaram que 68% dos consumidores brasileiros pagariam mais por produtos que não agredissem o meio ambiente. Com tudo isso, para manterem-se no mercado competitivo, várias empresas compreendem que se torna necessária à implementação de um Sistema de Gestão Ambiental (SGA). Com o objetivo de apresentar diretrizes básicas para a elaboração de um Sistema de Gestão Ambiental segundo as normas ISO 14001 em uma empresa de supermercado, o presente estudo analisou e descreveu as práticas ambientais adotadas por essa empresa, localizada na cidade de Sobral-Ceará e sugeriu soluções para os problemas encontrados. A metodologia utilizada foi à pesquisa descritiva (fontes primárias) e visitas “in loco”, em que o estudo foi feito com o representante da empresa, onde o mesmo respondeu a questionamentos aplicados, acompanhando as visitas, realizadas em diversos setores da empresa. Foram realizados diagnósticos ambientais, avaliando a empresa em toda a sua totalidade. Após obtenção das respostas e análises dos dados observados no local, constatou-se que a empresa não adota completamente um Sistema de Gestão Ambiental. Torna-se imprescindível que ela reduza os desperdícios e busque novas alternativas para a reutilização de determinados produtos, de água e diminuição do consumo de energia. Além de procurar incentivar a conscientização ambiental em seus colaboradores, para que estes tenham sempre como objetivo a minimização de impactos possíveis perante as atividades desenvolvidas.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21439/conexoes.v11i3.879