AVALIAÇÃO TÉCNICA ECONÔMICA DE TILÁPIAS CULTIVADAS COM DIFERENTES TAXAS DE ALIMENTAÇÃO EM ESGOTO DOMÉSTICO TRATADO

Emanuel Soares dos Santos, Rafahel Marques Macêdo Fontenele, Francisco Suetônio Bastos Mota, André Bezerra dos Santos, Rosemeiry Melo Carvalho

Resumo


A pesquisa teve por objetivo avaliar técnica e economicamente o cultivo de tilápias do Nilo, Oreochromis niloticus, em esgoto doméstico tratado, com diferentes taxas de alimentação. Foram utilizados nove viveiros com 50m³ de volume, cada, os quais foram abastecidos com esgoto doméstico tratado, em três tratamentos: SR – ausência de ração; ½R e RT - foi ofertado 50% e 100% da quantidade de ração indicada pelo fabricante, respectivamente. Ao longo do experimento, foram determinados os seguintes parâmetros zootécnicos dos peixes cultivados: comprimento total (cm), peso (g), biomassa (g/m3), produtividade (kg/ha.dia) e taxa de conversão alimentar (CA). Na análise econômica foram utilizados: custo operacional parcial (COP), a receita bruta (RB), a estimativa da receita líquida parcial (RLP) e a incidência de custo (IC). Foram realizadas análises de Salmonella spp., Staphylococcus coagulase positiva, e coliformes termotolerantes no músculo, pele e brânquias para verificação da qualidade do pescado produzido. Os dados da pesquisa indicaram que em relação à viabilidade técnica, o tratamento ½R foi o que apresentou os melhores resultados. Ao avaliar a viabilidade econômica, o tratamento SR foi o que apresentou os melhores resultados. O pescado produzido apresentou condições sanitárias satisfatórias para o consumo humano.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21439/conexoes.v9i3.819