IMPLANTAÇÃO DO PROCESSO DE GERENCIAMENTO DE TEMPO: UM ESTUDO DE CASO EM UMA EMPRESA DE ENGENHARIA DO CEARÁ

Geam Carlos de Araujo Filgueira, Emanuel Dantas Filho, Karlos T. M. V Oliveira, Jannayna Domingues Barros Filgueira, Marcus Vinícius Nobrega

Resumo


O uso da metodologia de Gerenciamento de Projetos tem se tornado um diferencial em empresas de todos os setores. Em especial, a área de Gerenciamento de Tempo mostra-se como uma das mais importantes e que possibilita grandes avanços para as organizações, de acordo com o modelo proposto pelo Project Management Body of Knowledge - PMBOK. Este artigo trata de um estudo de caso de implantação de processos dessa área em uma empresa atuante no mercado de energias renováveis, localizada em Fortaleza, estado do Ceará. Os atrasos corriqueiros nas entregas de projetos elétricos de parques eólicos, bem como a sobrecarga gerada sobre equipe desenvolvedora dos projetos motivou a necessidade desse estudo. Neste cenário, o objetivo desse trabalho é criar um plano de gerenciamento de tempo elaborado em consonância com as recomendações da 4ª edição do PMBOK. Como insumos para elaboração do plano serão utilizados dados históricos de projetos anteriores e a mão de obra disponível no departamento de projetos elétricos. Como resultados, com adoção do plano de gerenciamento de tempo em dois casos reais de projetos analisados do departamento, foi verificado a eliminação de atrasos em entregas e baixa sobrecarga de trabalho da equipe.


Texto completo:

PDF

Referências


BOUER, R.; CARVALHO, M. M. d. Metodologia singular de gestão de projetos: condição suficiente para a maturidade em gestão de

projetos? Production, scielo, v. 15, p. 347 – 361, 12 2005. ISSN 0103-6513. Disponível em: < http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-65132005000300006&nrm=iso >.

COSTA, T. Pesquisa operacional: teoria das Restrições, Pert, CPM e corrente crítica. jan. 2013. Disponível em:< http://migre.me/sWH3v >. Acesso em: 18 maio 2013.

FRAGA, M.; TOLENTINO, M. A importância do gerenciamento de projetos em pequenas empresas como diferencial competitivo. 2013. Disponível em: < http://www.techoje.com.br/site/techoje/categoria/detalhe_artigo/673 >. Acesso em: 18 maio 2013.

JUNIOR, C.; EVERTON, A. As micro e pequenas empresas no Brasil. Rio de Janeiro: Confederação Nacional do Comércio, 2000. 50 p.

MOREIRA, A.; SILVA, R.; PALMA, M. Análise de gerenciamento de tempo aplicado a um projeto de petróleo. Revista de Gestão e Projetos - GeP, v. 1, n. 2, p. 128 – 146, jul./dez. 2010.

PANIGAS, I. Apostila Gestão do Tempo. Brasília: Instituto de Pós-graduação - IPOG, 2012. 84 p.

PIMENTEL, A. Desvendando o MS Project 2007. São Paulo: Digerati Books, 2008. 112 p.

PINTO, A. Estudo de Benchmarking em Gerenciamento de Projetos Brasil 2010. 2010. Disponível em: < http://www.mp.go.gov.br/portalweb/hp/33/docs/benchmarking_gp_2010_geral.pdf >. Acesso em: 25 maio 2013.

PMBOK. A Guide to Project Management Body of Knowledge (PMBOK Guide). 4. ed. [S.l.]: PMI (Project Management Institute), 2008. P. 337.




DOI: https://doi.org/10.21439/conexoes.v10i2.768