SITUAÇÃO SANITÁRIA E PARASITOLÓGICA DA ZONA LESTE DO MUNICÍPIO DE LIMOEIRO DO NORTE-CE.

Ana Raquel Mano, Carlos Vangerre de Almeida Maia, Maria Cristiane Santos da Silva Costa, Maria Leidiana Oliveira Lima

Resumo


As condições socioeconômicas e ambientais de uma comunidade determinam a execução das ações públicas. Sabe-se que o desenvolvimento se encontra ligado ao acesso da população aos serviços públicos, principalmente da população carente. Assim, o município de Limoeiro do Norte/CE, desde 2008, recebe contínua expansão do Serviço de Esgotamento Sanitário (SES) e do Serviço de Abastecimento de Água (SAA). Dentro da perspectiva da justiça ambiental, oportunizou a parte dos beneficiários do Programa Bolsa Família (PBF), conexão gratuita ao SES. Dessa forma, objetivou-se com este trabalho, diagnosticar o acesso da população da Zona Leste (ZL) do município de Limoeiro do Norte/CE aos serviços de saneamento e sua relação com as notificações de enteroparasitoses. Esta pesquisa se tratou de um estudo de caso sobre a situação sanitária e parasitológica de Limoeiro do Norte. O estudo foi realizado em quatro bairros periféricos na ZL municipal. A coleta de dados se deu por meio da aplicação de um questionário estruturado redigido pelo próprio autor e consulta aos mapas de Monitoramento de Parasitoses Intestinais, fornecidos pela Secretaria Municipal de Saúde, que apresentavam o levantamento das Enteroparasitoses (PI) em cada uma das 15 Unidades Básicas de Saúde (UBS). Constatou-se a partir dos dados obtidos que a região apresentou índices de acesso aos Serviços de Saneamento Básico (SSBs) superiores aos índices nacionais e que ocorreu contínua redução de notificações de enteroparasitoses após a expansão desse serviço.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21439/conexoes.v9i1.744