O ESTÁGIO SUPERVISIONADO COMO ESPAÇO CONSTRUTOR DE CAMINHOS PARA O EXERCÍCIO DA DOCÊNCIA EM MATEMÁTICA

Francisco Jose de Lima, Isaias Batista de Lima

Resumo


O exercício da docência exige formação específica. Nesse sentido, elencamos o estágio supervisionado como uma das variáveis que interagem nessa formação. Dessa maneira, ao buscar compreender a concepção atual acerca do estágio, detectamos a existência da tentativa de articular a atividade teórica com a atividade prática. Os diversos paradigmas que surgem no atual contexto social têm exigido cada vez mais a formação de profissionais capazes de enfrentar os desafios que emergem no exercício cotidiano da profissão. Com isso, o presente trabalho se propõe analisar e discutir a relevância do estágio supervisionado na formação inicial de professores na perspectiva de construir caminhos para o exercício da docência em matemática a partir da análise de alunos egressos do Curso de Licenciatura em Matemática do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE) campus Cedro, constituindo-se de reflexões sobre o estágio como espaço para o desenvolvimento de saberes inerente a profissão docente. Por meio de pesquisa qualitativa aplicada aos alunos que concluíram o curso nos anos de 2010 e 2011, apresenta-se as considerações e os significados atribuídos ao estágio destacando a relação teoria e prática com a realidade do cotidiano escolar e revelando sua importância na formação inicial de professores de matemática.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21439/conexoes.v7i1.581