EFEITO DA VARIAÇÃO DA CORRENTE ELÉTRICA DE SOLDAGEM NA MICROESTRUTURA E NA MICRODUREZA DE LIGAS FE-CR-MO COM DIFERENTES TEORES DE MOLIBDÊNIO

Natasha Lopes Gomes, Nathália Cândido Figueiredo, Fernando Henrique Costa Saboia, Rodrigo Freitas Guimarães, Hamilton Ferreira Gomes de Abreu

Resumo


Este trabalho tem como objetivo avaliar o efeito da variação da corrente elétrica durante a soldagem de três diferentes ligas de aço Fe-Cr-Mo, empregando o processo TIG sem adição de material, e identificar quais mudanças podem ocorrer na microestrutura dessas ligas quando submetidas a dois diferentes parâmetros de soldagem aqui estudados. Amostras das ligas foram utilizadas na condição solubilizada para a realização da soldagem na posição plana, com eletrodo toriado, corrente contínua eletrodo negativo, em dois diferentes níveis de energia, variando os valores de corrente. Após a soldagem as ligas foram submetidas à caracterização microestrutural através de microscopia ótica e medição de dureza Vickers para determinar qual das ligas apresentou maior dureza de acordo com os parâmetros estabelecidos. Também foi realizada a análise de variância do perfil de microdureza da ZAC das ligas a fim de verificar possíveis mudanças que podem ocorrer devido à variação dos parâmetros de soldagem. A análise das microestruturas revelou que uma das ligas apresentou a formação de martensita. A energia de soldagem com menor corrente gerou uma zona fundida com menor área para as três ligas. Contudo, as soldagens realizadas não apresentaram mudanças prejudiciais na microestrutura e na dureza das ligas estudadas.

 


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21439/conexoes.v5i3.449