O ENSINO DE ARTES VISUAIS EM FORTALEZA: OPINIÕES E ANSEIOS DE PROFESSORES DO ENSINO FUNDAMENTAL

Gilberto Andrade Machado, Antonio Ariclenes Cassiano da Costa, Mírian Soares Rocha

Resumo


O artigo analisa algumas práticas pedagógicas de professores de arte no ensino fundamental de Fortaleza. Essas práticas estão vinculadas à formação do professor e se destacam nas suas ações cotidianas. Tem como objetivo analisar o tratamento que o professor dá à disciplina, a seus conteúdos e aos modos de ensino. Os dados da pesquisa foram coletados em entrevistas realizadas por alunos do 2º semestre (2009.1) do curso de Licenciatura em Artes Visuais do Instituto Federal do Ceará – IFCE, na disciplina História do ensino das artes visuais no Brasil. A riqueza do material coletado ultrapassa as limitações deste estudo, portanto, esta é primeira fase da análise, que associa diferentes práticas: a pesquisa qualitativa, em especial, pesquisa bibliográfica e a documental. Articular o referencial teórico e o material empírico tem sido o grande desafio para uma interpretação coerente do fenômeno estudado. Em decorrência disso as análises aqui evidenciadas reforçam a necessidade de se explorar com mais detalhes a qualificação dos professores que já trabalham com artes visuais, mas que não têm formação específica.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21439/conexoes.v4i2.363