CONSEQUÊNCIAS DO USO EXCESSIVO DAS REDES DIGITAIS NO VALE DO TAQUARI-RS

Angélica Schäfer, Lucimara Fiorese

Resumo


A vida na sociedade contemporânea é muito pautada pelas redes sociais, ambiente em que os indivíduos interagem virtualmente, dialogando e convivendo com muitas pessoas, se tornando um dos meios de comunicação mais influentes nessa sociedade. Esta pesquisa buscou analisar as consequências reais que o uso excessivo das redes digitais causam nas pessoas, apresentou-se como objetivos específicos: Identificar o quanto as pessoas estão dependentes digitalmente; Analisar o impacto do uso excessivo das redes digitais na vida dos usuários; Apresentar os impactos da dependência digital nas relações de trabalho e Identificar os impactos da dependência digital nas relações sociais das pessoas (amigos, família, etc.). O método empregado para a construção do estudo foi pesquisa básica, descritiva, quali-quantitativa, para a coleta de dados foi utilizado questionário online e analisado por meio do Microsoft Office Excel. Os resultados em relação à idade é de que a maioria tem entre 21 e 35 anos e cursam Ensino Superior. O Whatsapp é a rede social que os indivíduos mais tem conta, sendo que o celular é a forma mais comum de acesso. Além disso, quase a metade dos pesquisados acessam suas redes digitais por um período de até 3 horas por dia e revelaram que não se importariam caso não pudessem acessá-las em algum momento. No que se refere ao contesto “Empresa x Redes Digitais”, a maioria dos indivíduos revelam que a organização onde trabalham não possui sistema de bloqueio de sites e redes digitais, sem dúvida porque a empresa utiliza as redes para comunicação entre os funcionários, sendo o Whatsapp o meio que obteve maior percentual.

Palavras-chave


Redes Sociais. Uso Excessivo. Consequências. Trabalho.

Texto completo:

Sem título PDF


DOI: https://doi.org/10.21439/conexoes.v16i0.2132

Direitos autorais 2022 Conexões - Ciência e Tecnologia