FÍSICA MODERNA E CONTEMPORÂNEA NO ENSINO BÁSICO: O CINTO DE SEGURANÇA COMO ALTERNATIVA PARA A ABORDAGEM TEÓRICA DO PRINCÍPIO DE EQUIVALÊNCIA DA RELATIVIDADE GERAL

Antônio Nunes de Oliveira, Wilton Souza Sampaio, Marcos Cirineu Aguiar Siqueira

Resumo


O ano de 2019 marca os 100 anos de comprovação da Teoria da Relatividade Geral (TRG), a qual se deu mediante análise dos dados fotográficos coletados durante a observação do eclipse total do Sol, em Sobral-Ceará/Brasil e na Ilha do Príncipe-África, no dia 29 de maio de 1919. Visando contribuir com a inserção de tópicos de TRG no Ensino Básico (EB), Fundamental e Médio, este trabalho traz uma pesquisa bibliográfica e eletrônica buscando atualizar os leitores acerca do ensino de Física Moderna e Contemporânea (FMC) e, em seguida, apresenta uma proposta de vinculação entre os temas Princípio de Equivalência e a Educação para o Trânsito, a partir da qual se propõe, mediante a conscientização dos estudantes quanto à importância do uso do cinto de segurança, introduzir o Princípio de Equivalência nessa etapa do ensino. Os resultados apontam para um cenário em que praticamente inexistem abordagens com enfoque no referencial do carro e, como consequência, o uso do cinto de segurança tem sido justificado, quase que exclusivamente pela lei da inércia de Galileu-Newton, gerando erros conceituais na medida em que as pessoas tentam estender a explicação pautada no Princípio de Inércia para o observador no interior do veículo em desaceleração. Esse tipo de abordagem pode ocorrer a partir do 8º ano do Ensino Fundamental, quando os alunos têm o primeiro contato com as leis de Newton e suas aplicações, momento em que geralmente se explica o uso do cinto de segurança como uma necessidade para evitar a inércia dos corpos, negligenciando, geralmente, o ponto de vista de um observador interno ao veículo em colisão.

Palavras-chave


Teoria da Relatividade Geral, Educação no Trânsito, Cinto de Segurança, Ensino Básico.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21439/conexoes.v13i4.1859