CAPOEIRA E FORMAÇÃO DOCENTE EM EDUCAÇÃO FÍSICA: SABERES DE UMA PRÁXIS EXTENSIONISTA

SAMARA MOURA BARRETO ABREU, ELENEIDE GOMES SANTOS, MARIA JANAINA LUSTOSA SOUTO

Resumo


A capoeira vem se constituindo uma atividade de formação docente nos Sertões de Canindé através dos projetos de Extensão Capoeira-Educação e Capoeira-Comunidade cuja trajetória histórica foi iniciada em 2012, no IFCE Canindé. O estudo teve como objetivo compreender a mobilização de saberes para a formação docente em Educação Física numa práxis extensionista com a Capoeira. Desenvolveu-se um estudo de campo e descritivo com predominância da abordagem qualitativa, tomando a experiência vivida dos monitores nesse projeto de extensão. A análise interpretativa dos dados foi realizada por meio de um questionário. As implicações analíticas da pesquisa evidenciou que as experiências vivenciadas relacionadas aos saberes docentes (da experiência, do conhecimento e pedagógicos) desenvolvidos no projeto tiveram grande influência na atuação na vida e profissão docente dos monitores, no que se refere a uma práxis social que fomenta uma aprendizagem para a docência em Educação Física, reafirmando o construto dessa experiência como intervenção política e social com aproximações a uma prática de educação dialógica e humanística, desenvolvidas nas e pelas relações de intersetorialidade e participação social.

Palavras-chave


Capoeira. Formação Docente. Saberes Docentes. Educação Física. Práxis Extensionista

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21439/conexoes.v14i1.1796