INTERNACIONALIZAÇÃO, EDUCAÇÃO PROFISSIONAL, ARTE E CULTURA: UMA REFLEXÃO

Ana Judith Zepeda Ortega

Resumo


A internacionalização do ensino superior tem mostrado mudanças nas últimas décadas, em conjunto com as transformações socioculturais e econômicas que as nações experimentaram. Isso obrigou as Instituições de Ensino Superior a rever suas ações na perspectiva desses ventos de mudança. Por outro lado, as expressões culturais e artísticas sempre foram diversificadas e enriquecidas pela circulação de seus expoentes, entre diferentes espaços territoriais, delimitados ou não por uma linha de fronteira geográfica. No Ensino Superior, as artes e a cultura residem em vários espaços do trabalho dessas instituições, dentro das quais são contadas: a formação de profissionais; ensinar através das artes; as expressões artísticas e culturais da comunidade educativa e; a custódia e cuidado do patrimônio cultural. Em cada uma dessas áreas elas desempenham um papel importante, no entanto, não foi suficientemente analisado qual seria o seu lugar em relação à internacionalização da Educação Superior. Portanto, o objetivo deste trabalho foi examinar as esferas do ensino superior, onde artes e cultura podem se tornar parte do processo de internacionalização do ensino superior. Este estudo foi realizado com base em uma revisão documental, focada na busca de elementos que pudessem contribuir para uma análise crítica e reflexiva sob diferentes ângulos.

Palavras-chave


Internacionalização, ensino superior, arte e cultura.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21439/conexoes.v14i5.1772