O SABER DOCENTE DO CONHECIMENTO: REFLEXÕES DE UM CURSO DE FORMAÇÃO CONTINUADA COM PROFESSORAS DO ENSINO FUNDAMENTAL I

Marcia Borin da Cunha, Olga Maria Schimidt Ritter, Rosana Franzen Leite

Resumo


Os saberes da docência são: a experiência, o conhecimento e os saberes pedagógicos (Pimenta, 2007). Todos estes saberes precisam ser mobilizados no curso de formação inicial, à medida que se constrói a identidade dos futuros professores. Neste artigo trazemos discussões referentes aos saberes docente do conhecimento, saber esse que se refere ao conhecimento produzido e ensinado tanto na universidade quanto na escola e seus questionamentos. São questionamentos como: ─ Qual é significado dos conceitos específicos – da ciência, por exemplo – no curso de formação inicial? ─ E, para a sociedade, o que significam? É importante o professor saber como, por que e para que esse conhecimento se constitui. Ao obter respostas a esses questionamentos, o professor tem disponíveis os aportes necessários para falar aos estudantes sobre determinado conteúdo e/ou conceito. Reflexões sobre o saber docente do conhecimento é o que apresentamos neste artigo, que está fundamentado em um relato de experiência, no qual discutimos com um grupo de professoras (curso de formação continuada), que atuam na educação infantil, o conteúdo “solo”. Nesta atividade fica evidente a falta de conhecimento das professoras sobre o assunto “solo”, bem como a pouca reflexão sobre ele. Ao que foi possível observar, as professoras apresentam aos estudantes o conceito de “solo” de maneira acrítica, sem uma reflexão do que significam os termos científicos envolvidos no conceito.

Palavras-chave


Ensino de Ciências. Formação de professores. Saberes docentes

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21439/conexoes.v14i4.1585