LEVANTAMENTO SOBRE O MLCTI NO SCIELO

Erico Lopes Pinheiro de Paula, Natalia Messina

Resumo


O levantamento sobre as alterações trazidas pela lei nº 13.243/16, para as políticas públicas de CT&I, faz parte de esforço inicial para aproximação aos conceitos relativos à produção de conhecimento no âmbito das universidades públicas do país e tem como fonte o banco de dados Scielo. Trata-se de estudo descritivo e exploratório, com abordagem fundamentalmente qualitativa. Foi empreendido nos três primeiros meses de 2018 e tem como critérios de inclusão: publicado a partir de 2016 e proposição de debate acerca do MLCTI. O corpus definitivo demonstra que em geral são apresentadas visões otimistas sobre as iniciativas de ajustes na legislação para CT&I e o predomínio de interesse na área da saúde. Nos discursos observou-se que, com a tecnologia cada dia mais popularizada, a importância econômica e política de participar ativamente do processo de geração e produção desses bens é defendida como fundamental e estratégica. Por outro lado, não fica claro que os esforços coletivos convergiram o suficiente para a construção de um cenário ideal para o desenvolvimento da pesquisa aplicada no Brasil. Verifica-se ainda que algumas preocupações recorrentes tangem a: os aspectos burocráticos e o perfil de investimento do capitalista brasileiro.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21439/conexoes.v14i4.1538