REESTRUTURAÇÃO TERRITORIAL DO CEARÁ NA MODERNIDADE ATUAL: O GOVERNO DAS MUDANÇAS (1986-2000)

Aridenio Bezerra Quintiliano, Luiz Cruz Lima, Juliana Farias Forte, Lubélia Lima da Silva, Victa Nobre Andrade, Elizete de Oliveira Santos, Felipe Silveira de Moraes Pereira

Resumo


O Estado do Ceará é composto de diversos ecossistemas que interagem de forma integrada, favorecendo a criação de diferentes ambientes produtivos – da mineração à pecuária, do turismo à agricultura. No intuito de fortalecer o estado diante de um mundo mais competitivo, os governantes procuram destinar investimentos para diversas áreas com a implantação de novos sistemas de engenharia no território cearense, o espaço que anteriormente era utilizado para uma determinada função, hoje assume outras e se modela de acordo com as exigências do mercado, com formas mais tecnificadas. Desde as últimas décadas do século passado, o Ceará vem despertando interesse dos investidores nacionais e internacionais, em virtude das condições favoráveis à fruticultura, ao turismo e às indústrias. Esses novos investimentos têm exigido a implantação de modernas infraestruturas locais e regionais, assumidas pelo poder público, erigindo novos objetos geográficos ou mudando funções de parte do território cearense. A metodologia do estudo consiste em analisar os grandes projetos da última década do século XX, com apoio de organismos nacionais e internacionais (BID, BIRD) na tentativa de compreender a implantação dos “fixos” no território e novos objetos e instrumentos que a eles se associam, objetivando, com isso, identificar os impactos territoriais no espaço cearense em decorrência da difusão e implantação de sistemas técnicos por meio dos investimentos públicos. A análise da relação integrada das obras revela uma centralização em setores econômicos e, no que se refere ao atendimento populacional, acaba por não suprir e cobrir todo o contingente cearense, beneficiando, principalmente, setores empresariais.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21439/conexoes.v1i1.140