A Sequência Fedathi na Produção do Material Didático de Matemática: Estudo de Caso do IFCE

Marília Maia Moreira, Cassandra Ribeiro Joye, Ana Cláudia Uchôa Araújo, Hermínio Borges Neto

Resumo


Este artigo apresenta uma análise qualitativa das narrativas de uma amostra composta por professores-tutores da licenciatura em Matemática semipresencial, do Instituto Federal do Ceará (IFCE) sobre a adequabilidade do material didático de Cálculo. O referencial teórico pautava-se em estudos baseados nas metodologias de produção e ensino, respectivamente, Design Instrucional Contextualizado e a Sequência Fedathi (SF). Como instrumental, utilizou-se um roteiro de entrevista individual com os sujeitos participantes (professores-tutores), composto por perguntas respaldadas nas etapas da SF. As reflexões a partir dos resultados indicam que havia elementos presentes da metodologia de ensino SF no material didático de Cálculo I em um nível microestrutural, ou seja, em cada aula. Concluiu-se, a partir da análise, que a SF é, pedagogicamente, uma metodologia de ensino possivelmente recomendável para elaboração de um material didático de Matemática para um curso semipresencial de sua área, contudo, corre-se o risco de nem todas as etapas serem exequíveis, por exigirem a presença física do discente, demandando estudo e readequação da metodologia para o ensino à distância.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21439/conexoes.v12i1.1321