Caracterização Físico-Química Preliminar dos Efluentes da Incineração de Resíduos Perigosos de Fortaleza-CE

Rilton Bruno Lima da Silva, Gemmelle Oliveira Santos

Resumo


O objetivo da pesquisa foi caracterizar, do ponto de vista físico-químico, os efluentes provenientes da lavagem dos gases da incineração de resíduos sólidos perigosos realizada em um equipamento de grande porte em funcionamento em Fortaleza-CE. Foi realizada descrição do equipamento, e do processo de geração e tratamento de efluentes. As análises de laboratório ocorreram entre os meses de abril e setembro de 2016 (6 coletas na entrada e 6 coletas na saída da estação de tratamento de efluentes). Dentre os 10 parâmetros analisados, 5 apresentaram redução em suas concentrações após o tratamento em todas as campanhas (sólidos suspensos totais, turbidez, cor verdadeira, demanda química de oxigênio e alcalinidade total). Foi possível observar que os valores máximos de remoção alcançaram 90% para os sólidos suspensos totais, 81% para a cor verdadeira, 92% para turbidez, 56% para DQO e 68% para alcalinidade total. Essa é a primeira pesquisa sobre a qualidade dos efluentes da incineração de resíduos perigosos em Fortaleza, e seus dados primários poderão servir de base para outras pesquisas. Em linhas gerais, os efluentes estudados têm forte carga físico-química, mas seu uso cíclico (lavagem de gases - ETE - lavagem de gases) mantém sob controle seus riscos de poluição ou contaminação ambiental.

Palavras-chave


resíduos sólidos perigosos; incineração; efluentes.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21439/conexoes.v13i3.1285