Autonomia e Internet: Binômio Necessário para o Curso a Distância de Tecnologia em Hotelaria do IFCE

Luiz Régis Azevedo Esmeraldo, Júlio César Ferreira Lima

Resumo


Com a chegada do século XXI e a socialização da Internet, a Educação a Distância (EaD) consolida-se como uma modalidade de ensino usada no mundo inteiro. No entanto, percebe-se que muitos aspectos ainda necessitam de estudos para identificação e correção de problemas, bem como entender a maturidade cognitiva de alunos e de professores, no que se refere às metodologias exigidas no ensino a distância. A autonomia e as tecnologias da informação e comunicação (TICs) são fatores imprescindíveis para o bom desempenho do aluno na EaD. O objetivo geral desse estudo é descrever a influência das TICs na autonomia dos alunos, em especial a Internet, do curso de Tecnologia em Hotelaria do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE), modalidade a distância. Já os objetivos específicos são determinar os recursos tecnológicos utilizados pelos alunos como instrumentos para garantir a autonomia do ensino a distância e estabelecer a percepção dos alunos do curso supracitado quando utilizam estas ferramentas. Este artigo é resultado de uma revisão bibliográfica, documental e webgráfica para um estudo exploratório descritivo, com análise quali-quantitativa e enfoque socioeducacional. Como instrumento de pesquisa utilizou-se um questionário aplicado com discentes. Concluiu-se que os alunos, do curso de Tecnologia da Hotelaria do IFCE utilizam todas as ferramentas disponíveis na plataforma digital, além de outras como e-mail, WhatsApp, facebook; e estão satisfeitos com os resultados quanto às exigências do curso.

Palavras-chave


Educação a distância. Autonomia. Internet. Ensino-aprendizagem.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21439/conexoes.v12i3.1266