Concepções dos Estudantes de uma Escola Estadual do Ceará/Brasil a respeito das Implicações da Implantação de um Projeto de Saneamento Básico

Erlândia Marcia Vasconcelos, Regina Maria de Sousa, Elizabeth de Araújo Cavalcante, Jorgeana de Almeida Jorge Benevides, Alisandra Cavalcante Fernandes de Almeida, Wanglêsio Silveira de Farias

Resumo


O meio ambiente, por ser um sistema coletivo, é alvo de estudos que analisam os impactos que a atividade humana pode causar aos seres que o habitam, principalmente no que diz respeito à saúde. Assim, o saneamento básico passou a ser uma etapa fundamental no planejamento das cidades. No entanto, a sociedade desconhece as atividades desse serviço, não dando a devida importância e agindo por conta própria no que diz respeito à construção de fossas e ao descarte do lixo. O município de Cruz, Ceará, passa pela fase de implantação de uma obra de saneamento básico. Todavia, os moradores têm pouco acesso a fontes de informações sobre os benefícios desse serviço. Diante disso, a escola tem papel fundamental na formação do conhecimento, uma vez que as informações nela adquiridas, podem se tornar um ciclo contínuo de aprendizagem entre escola e comunidade. Este trabalho trata de um estudo de caso que objetiva avaliar o conhecimento dos discentes de uma escola estadual do município de Cruz a respeito das implicações do projeto de saneamento básico em execução na cidade, bem como sensibilizá-los de sua importância. A pesquisa ocorreu no período de agosto a outubro de 2016, envolveu 502 estudantes, dividindo-se em duas fases: aplicação de questionários para avaliar o conhecimento prévio dos discentes e aplicação de palestras, seguido de questionários para a avaliação do aprendizado. A partir dos dados obtidos, 91% dos estudantes demonstraram retorno positivo do aprendizado após a intervenção, o que evidencia a necessidade de ações como essas na escola.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21439/conexoes.v12i1.1236