Aspectos Socioeconômicos, Produtivos e Sanitários da Fabricação de Queijo Coalho em Jaguaribe, Ceará

Francisca Klécia Bernardino da Silva, Luana Maria de Lima Santos, Valdineia Freitas Soares

Resumo


A produção artesanal do queijo de coalho em Jaguaribe tem se constituído em uma importante estratégia para o desenvolvimento socioeconômico de muitas famílias, desde seu início quando se destinava ao aproveitamento do excedente de leite, até os dias atuais, como estratégia de agregação de valor ao leite in natura. Frente à importância desta atividade para o município, o presente estudo objetivou conhecer os aspectos socioeconômicos, produtivos e sanitários da fabricação do queijo de coalho em Jaguaribe, Ceará. Participaram desta pesquisa vinte e cinto produtores de queijo cujos estabelecimentos situam-se na sede do munícipio. Os aspectos socioeconômicos, produtivos e de infraestrutura foram avaliados por meio de questionários semiestruturados aplicados aos participantes. Diante disto se conclui que, embora a produção de queijo de coalho apresente caráter informal, ela contribui significativamente para a geração de renda local afirmando-se como atividade familiar. De acordo com os produtores, a adoção de políticas públicas, e a facilidade de acesso ao crédito podem contribuir para o aumento da competitividade e a sua consolidação no mercado.

Palavras-chave


Atividade familiar; Queijo; Produção artesanal.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21439/conexoes.v13i3.1132