A Docência na Contemporaneidade e a Formação da Pessoa Docente mediante as Configurações da Sociedade Brasileira Atual

Dorgival Gonçalves Fernandes

Resumo


O artigo discute a formação docente assumindo-a como formação humana, centrando-se na pessoalidade do professor. Seu objetivo é refletir sobre a contemporaneidade da docência e os processos de formação para o seu exercício, considerando as vicissitudes e singularidade do tempo presente e as suas demandas educacionais. O trabalho se caracteriza como um ensaio em perspectiva filosófica. Teoricamente nos fundamentamos em autores que nos ajudam a pensar a educação na contemporaneidade, tais como Michel Foucault, António Nóvoa e Zigmunt Bauman. Consideramos a inadequação do modelo de formação vigente e apontamos as noções de cuidado de si e governo de si como pressupostos para praticar a formação e o trabalho docente, associando-se as categorias professoralidade e pessoalidade. Assim, cremos ser possível trabalhar a formação docente de modo a assegurar ao futuro professor a autonomia e os saberes necessários para lidar com as características sócio-políticas e as demandas educacionais contemporâneas.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21439/conexoes.v11i2.1093