Aproximações entre as Metodologias Ativas de Ensino e as Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação: Uma Abordagem Teórica

Aline Diesel, Silvana Neumann Martins, Márcia Jussara Hepp Rehfeldt

Resumo


Este trabalho tem a finalidade de provocar reflexões acerca da afinidade existente entre as metodologias ativas de ensino e as Tecnologias de Informação e Comunicação, destacando aspectos que têm implicações mais claras para o contexto escolar. Trata-se de um estudo com matriz metodológica na pesquisa bibliográfica. O referencial teórico que fundamenta este artigo está ancorado no interacionismo, que se reporta à importância da interação social no desenvolvimento do sujeito, defendida por Lev Vygotsky, na concepção de aprendizagem significativa de David Ausubel, e nos fundamentos de Paulo Freire acerca da autonomia do aluno nos processos de ensino e de aprendizagem. A partir do estudo, evidenciou-se que o método ativo e as TDICs têm elementos em comum, como promover a aprendizagem significativa por meio da interação entre sujeitos, que pode se dar entre aluno-aluno ou professor-aluno, estimulando o senso crítico e a autonomia do estudante. Assim, pressupõe-se que as metodologias ativas de ensino possuem um caráter mais abrangente em relação às TDICs e, em razão disso, as TDICs podem ser consideradas metodologias ativas de ensino.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21439/conexoes.v12i1.1074